Home / Blog /

Belezas do Peru: Montanha Colorida de Vinicunca


Parceiros HEVP

Belezas do Peru: Montanha Colorida de Vinicunca

12 DE SETEMBRO DE 2017

Ledo engano de quem pensa que o Peru se resume a ruínas Incas, Pisco Sour e Ceviche. O País é rico em cultura e atrações turísticas que vão muito além de Machu Picchu (não desmerecendo este lugar INCRÍVEL, claro). E, um lugar extraordinário que tive a oportunidade de conhecer no Peru, foi a Montanha Colorida de Vinicunca. 

A também intitulada de Rainbow Mountain é, sem dúvidas, uma das formações geológicas mais impressionantes da cordilheira dos Andes. Trata-se de um roteiro relativamente novo, pois somente começou a ser comercializado em meados de 2016. Anteriormente, o local era só mais um ponto de parada da trilha realizada para conhecer o Ausangate (pico nevado da Cordilheira dos Andes). Essa trilha durava, em média, de 5 a 7 dias.

 

Reportam os guias, que a montanha 7 cores também era encoberta por neve, e por tais razões não era possível perceber sua multi-tonalidade. O local é realmente surpreendente, ao ponto de nem parecer real. Confesso que não consegui segurar a emoção ao avistar as suas paisagens, as quais parecem perfeitamente desenhadas à mão. 

 

 

Para colocar a montanha Vinicunca no seu roteiro é preciso ter disposição, já que o passeio começa na madrugada, às 3h:30min. Chegando-se lá, a caminhada é árdua, não por ser extensa ou inclinada, mas devido à altitude. O início da trilha já começa com 4.000 metros de altitude em relação ao nível do mar, e só vai piorando! O pico da montanha chega a marcar 5.300 metros de altura! A altitude atrapalha muito o rendimento e muitas pessoas chegam a passar mal em razão do soroche (famoso mal de altitude). Mas todo esforço vale a pena, pois cada pedaço da caminhada é uma surpresa diferente. Há um pequeno vilarejo aos arredores da montanha, onde vivem cerca de 30 pessoas, sendo possível avistar várias casinhas de alvenaria e criações de ovelhas. Grande parte do povo da região ainda fala a língua inca denominada "Quíchua", mas também compreendem em espanhol.


É uma experiência sem igual poder vivenciar um pouco de como é a vida dos povos andinos e ver que não é preciso de muito para ser feliz! 💓

 

Com tanta beleza espalhada pelo local, a montanha acaba por ser só a cereja do bolo, o trajeto em si já vale o passeio. Para quem ficou com receio da complexidade da trilha, não se preocupe! Os nativos oferecem cavalos para a realização do trajeto, ao custo de 80 soles ida e volta.

 

- Luana Magalhães

COMPARTILHE ESSE POST

COMENTÁRIOS